O Ministério Público do Trabalho – MPT, deu parecer favorável ao retorno dos funcionários da CMB  no processo que culminou com a equivocada dispensa desses empregados.

Segundo os advogados do SNM, nesse primeiro momento, para o retorno dos 212 demitidos, deverá  ocorrer a publicação do parecer. Em ato contínuo o juízo irá definir um período para as partes se pronunciarem no processo, e após proferir a sentença.

Destacamos a excelente atuação do corpo jurídico do SNM na defesa dos trabalhadores, o que levou a ter o êxito em todas as suas solicitações peticionadas, visto que no mérito proferido pelo MPT, o mesmo requer a procedência dos pedidos vindicados na petição inicial, de modo que os 212 empregados sejam reintegrados aos quadros da reclamada (CMB), inclusive em sede de tutela evidência ou urgência.

Embora tenhamos ganho essa primeira batalha, ainda não vencemos a guerra, pois somente com a sentença transitada em julgado e com a reintegração dos 212 demitidos, é que o SNM poderá anunciar em alto e bom som não  CMB e aos vários empregados e funcionários do Brasil a seguinte frase:  A justiça foi feita, ela tarda mas não falha!

Segue o parecer do Ministério Público do Trabalho:

Att

Diretoria de Comunicação do SNM