Categoria: Editorial

Em meio à pandemia do Covid-19, Senado passou a boiada e aprovou a possibilidade da privatização da água, sob o nome de: novo marco legal do saneamento básico.

O Senado Federal, aprovou, no último 24 de junho, o Projeto de Lei do novo marco legal do saneamento básico no País, PDL (4162/19). O texto de autoria dos governistas permite a privatização da água, bem natural e inerente a todos os brasileiros. A bancada do PT no Senado foi a única que se posicionou contra a proposta. Aprovado em ampla maioria, pelo placar de 65 votos favoráveis e 13 contrários, o texto segue para a sanção do Presidente Bolsonaro.

consulte Mais informação
Carregando